segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Refutando mito nº 1: as Cruzadas foram contra pacíficos muçulmanos que nada fizeram contra o Ocidente

Altar em Gante, cavaleiros de Cristo, Jan van Eyck.
Altar em Gante, cavaleiros de Cristo, Jan van Eyck
continuação do post anterior

Não há nada de mais falso.

Desde os tempos de Maomé, os muçulmanos lançaram-se à conquista do mundo cristão.

E fizeram um ótimo trabalho: após poucos séculos de incessantes conquistas, os exércitos muçulmanos tomaram todo o norte da África, o Oriente Médio, a Ásia Menor e a maior parte da Península Ibérica.

Em outras palavras: ao findar o século XI, as forças islâmicas já haviam capturado dois terços do mundo cristão.

A Palestina, terra de Jesus Cristo; o Egito, berço do monaquismo cristão; a Ásia Menor, onde São Paulo estabeleceu as primeiras comunidades cristãs.

Não conquistaram a periferia da Cristandade, mas o seu núcleo. E os impérios muçulmanos não pararam por aí: continuaram pressionando pelo leste em direção a Constantinopla, até que finalmente a tomaram e invadiram a própria Europa.

Se uma agressão não-provocada existiu, foi a muçulmana. Chegou-se a um ponto em que só restava à Cristandade defender-se ou simplesmente sucumbir à conquista muçulmana.

A Primeira Cruzada foi convocada pelo Papa Urbano II em 1095 para atender aos apelos urgentes do Imperador bizantino de Constantinopla, Aleixo I Comneno (1081-1118).

Urbano convocou os cavaleiros cristãos para irem em socorro dos seus irmãos do Leste.

Foi uma obra de misericórdia: livrar os cristãos do Oriente de seus conquistadores muçulmanos.

Em outras palavras, as Cruzadas foram desde o início uma guerra defensiva.

Toda a história das Cruzadas do Ocidente foi a história de uma resposta à agressão muçulmana.


Thomas F. Madden, Professor de História
e Diretor do Centro de Estudos Medievais
e Renascentistas na Universidade
de Saint Louis, EUA


(Autor: Thomas F. Madden. Fonte: Ignatiusinsight.com)



continua no próximo post





GLÓRIA CASTELOS CATEDRAIS ORAÇÕES HEROIS CONTOS CIDADE SIMBOLOS

Voltar a 'Glória da Idade MédiaCASTELOS MEDIEVAISCATEDRAIS MEDIEVAISORAÇÕES E MILAGRES MEDIEVAISHERÓIS MEDIEVAISCONTOS E LENDAS DA ERA MEDIEVALA CIDADE MEDIEVALJOIAS E SIMBOLOS MEDIEVAIS

8 comentários:

  1. Olá Luis, saudações em Cristo!

    Meu caro, estes textos foram extraidos de algum livro? Se sim, qual? Procurei na Quadrante pelo nome do autor mas não obetive exito.
    Sempre acompanho os blogs e mais uma vez o parabenizo.

    Deus o guarde.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Pedro, Salve Maria!
      Obrigado pelo aviso. Ele me obrigou a melhorar bem a fonte do post!
      Nossa Senhora o ajude sempre.

      Excluir
  2. Gosto muito desse blog, adoro o período medieval e é muito bom ter um site confiável, diferente da visão na qual os muçulmanos eram injustiçados e os cristãos espalhavam terror e sangue (falsa visão)

    Salve Maria.

    ResponderExcluir
  3. Muito conveniente para um cristão afirmar que as cruzadas foram uma guerra defensiva.

    Não sejam tolos, não existem inocentes nesta guerra, nem cristãos nem muçulmanos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ficaram 300 anos sendo atacados por mulçumanos e quando reagiram você coloca agressores e defensores no mesmo plano,vc viajou na maionese

      Excluir
  4. ''Muito conveniente para um cristão afirmar que as cruzadas foram uma guerra defensiva.''

    Argumento ad hominem circunstancial[4] (ad hominem circustantiae): coloca em foco a parcialidade do adversário, sugerindo que o último tem algo a ganhar com a defesa daquele ponto de vista.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se for assim, Valter, pesquise os fatos históricos ou melhor ainda perceba a realidade atual na qual os muçulmanos/islâmicos estão destruindo pouco a pouco a Europa, leia e assista as notícias sobre isto. Isto comprova que eles são belicosos e conquistadores por natureza, assim fica mais fácil perceber que as cruzadas foram guerras defensivas.

      Excluir
  5. Ei, é verdade que antes das cruzadas os cristão iam pacificamente as áreas dominadas pelo islã para converte-los para o cristianismo ma eram mortos pelos islãmicos?

    ResponderExcluir

Obrigado pelo comentário! Escreva sempre. Este blog se reserva o direito de moderação dos comentários de acordo com sua idoneidade e teor. Este blog não faz seus necessariamente os comentários e opiniões dos comentaristas. Não serão publicados comentários que contenham linguagem vulgar ou desrespeitosa.