segunda-feira, 27 de julho de 2009

João Sobieski (I), o “Invencível Leão do Norte” desfez o poder turco nas portas de Viena

João Sobieski, rei da Polônia, esmaga os turcos nas portas de Viena
Sobieski, o Rei João III da Polônia, foi um dos maiores capitães de guerra do século XVII, e a ele se deve a salvação da Europa ao derrotar os turcos na batalha de Viena.

Ele nasceu em 1624, filho de Jaime Sobieski, castelão de Cracóvia, da pequena nobreza polaca. João e seu irmão Marcos foram educados com o maior esmero. Passaram grande parte de sua juventude em Paris e estiveram na Itália, residindo por três anos em Pádua, onde freqüentaram a Universidade local. Estiveram também na Inglaterra e na Alemanha.

Ambos estavam na Turquia quando, em 1648, à morte de seu pai, tiveram que voltar à pátria. Nessa ocasião os poloneses tinham sido derrotados pelos russos na batalha de Pilawiecz, os dois irmãos quiseram desagravar seus conterrâneos e entraram na liça. Marcos foi feito prisioneiro pelos tártaros, e por eles assassinado.

Terror dos tártaros e herói nacional



Tenda e armaduras capturadas aos turcos, Museu Czartoryski, CracóviaEm pouco tempo a coragem extraordinária e a bravura de João Sobieski o cobriram de glória em sua nação e o tornaram o terror dos tártaros.

Assim chegou ele a ser nomeado grande Marechal da Coroa e, logo depois, Comandante-em-chefe do exército polonês.

Seu primeiro grande feito nessa qualidade realizou-se em Podhajce, que estava sitiada por um exército de cossacos e de tártaros. Ele levantou, a suas expensas, um exército de 8 mil homens, guarneceu de trigo a praça sitiada e derrotou completamente o exército inimigo.

Quando em 1672 os turcos tomaram a cidade de Kamieniec, Sobieski derrotou-os completamente, tendo eles deixado 20 mil mortos e grande quantidade de armamento no campo de batalha. Esse feito provocou alívio geral na Polônia, tornando-se então Sobieski o grande herói nacional.

Sobieski aclamado rei por unanimidade

Com a morte do Rei Miguel, em 1674, Sobieski foi aclamado rei da Polônia por unanimidade, entre 17 pretendentes, sendo seis deles cabeças coroadas. A monarquia polonesa era eletiva.

Armadura do rei João SobieskiEntretanto, mesmo antes de sua coroação, foi ele forçado a repelir as hordas turcas que mais uma vez tinham invadido a Polônia. Derrotou-as no ano de 1675 em Lemberg, chegando a tempo para fazer levantar o cerco de Trembowla e salvar seus defensores.

No ano seguinte, foi solenemente coroado em Cracóvia com sua esposa, Maria Casemiro Luisa, filha do marquês francês Lagrange d’Arquien.

Não teve muito tempo para gozar esse triunfo, pois foi necessário combater os russos nas províncias rutenas. Com um exército de apenas 20 mil homens, tinha diante de si um outro 10 vezes maior. Por meio de estratagemas e escaramuças, Sobieski logrou causar tanto dano ao inimigo, que o forçou a um tratado mediante o qual foi-lhe cedida boa parte da Ucrânia.

Sobieski pôde, enfim, gozar algum tempo de paz, pois os turcos haviam aprendido a temer o “Invencível Leão do Norte” — como o chamavam.

Desejaria receber atualizações instantâneas e gratuitas de 'As Cruzadas' em meu Email

GLÓRIA CASTELOS CATEDRAIS ORAÇÕES HEROIS CONTOS CIDADE
Voltar a 'Glória da Idade MédiaCASTELOS MEDIEVAISCATEDRAIS MEDIEVAISORAÇÕES E MILAGRES MEDIEVAISHERÓIS MEDIEVAISCONTOS E LENDAS DA ERA MEDIEVALA CIDADE MEDIEVAL

2 comentários:

  1. samuelcassiano@rocketmail.com27 de janeiro de 2010 19:50

    Olá, amigo.

    Achei muito interessante o seu blog. Gostária também de dar os parabéns pelo excelente texto sobre o soldado, herói e rei Jan III Sobieski da Polônia.

    O mesmo, é meu ancestral. Sua descendente feminina Maria Sobieska é avó materna do meu bisavô italiano.


    Atenciosamente,
    S.Cassiano

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ola tambem sou decendente dele por parte de vo paterna rosa sobieski

      Excluir

Obrigado pelo comentário! Escreva sempre. Este blog se reserva o direito de moderação dos comentários de acordo com sua idoneidade e teor. Este blog não faz seus necessariamente os comentários e opiniões dos comentaristas. Não serão publicados comentários que contenham linguagem vulgar ou desrespeitosa.