segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Excerto 9º final: Os anjos levam a alma de Roland ao Paraíso

Os anjos levam a alma de Roland. Iluminura, BNF.
Os anjos levam a alma de Roland. Iluminura, BNF.
Ouça o anterior

Excerto 9º final: 

Os anjos levam a alma de Roland ao Paraíso

(continuação)

Roland prepara a liturgia de sua morte.

Orações finais do herói.

Os anjos descem a procurar sua alma.

Clique para ouvir :




XVIII

Lors sent Roland qu’il a perdu la vue,
Então Roland sente que perdeu a vista,

Se met sur pieds, tant qu’il peut s’évertue,
E põe-se de pé como sua força lhe permite.

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

8º excerto: Rolando sente a morte chegar

Roland tenta quebrar a espada e toca o olifante. Musée du vitrail, Curzay-sur-Vonne
Ouça o anterior

Excerto 8º: Rolando sente a morte chegar


(continuação)

Os muçulmanos fogem após crivar de setas o herói.

Sozinho no campo procura os restos de seus companheiros de armas.

Logo compreende que ele também vai morrer.

E procura um local simbólico.

Clique para ouvir :


XVI

Roland s’en tourne, en le champs, va chercher,
Roland se volta, pelo campo de batalha vai procurar,

Son compagnon a trouvé, Olivier,
E encontra seu companheiro Olivier.

Contre son sein étroit l’a embrassé,
Abraça-o forte contra seu peito,

Sur un écu ensuite il l’a couché,
e depois deita-o sobre um escudo.

A donc, agrave le deuil et la pitié,
E então redobra o luto e a dor.