terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Relato dos principais exércitos cruzados ‒ Gesta Dei per Francos 3





Logo eles [N.R.: os exércitos francos que partiram da Gália] deixaram suas casas na Gália e, em seguida formaram três grupos.

Um grupo de Francos, a saber, Pedro, o Eremita, o Duque Godofredo, seu irmão Balduíno, e Balduíno, Conde do Monte entraram na região da Hungria. Estes poderosíssimos cavaleiros, e muitos outros que desconheço, foram pelo caminho que Carlos Magno, o milagroso rei da França, há muito tempo havia percorrido, até Constantinopla. ...



O segundo grupo ‒ a saber: Raimundo, Conde de São Gilles e o bispo de Puy ‒ entraram na região da Eslavônia.

Godofredo de Bouillon
A terceira divisão, contudo, passou pela antiga estrada de Roma. Nesta se encontravam estavam Boemundo, Ricardo dos Principados, Roberto Conde de Flandres, Roberto o Normando, Hugo o Grande, Everardo de Puiset, Achard de Montmerle, Ysooard de Mousson, e muitos outros. Em seguida foram para os portos de Brindisi, ou Bari, ou Otranto.

Então Hugo o Grande e Guilherme, filho de Marchisus, foram para o mar no porto de Bari e, atravessando o estreito, chegaram a Durazzo.

Mas o governador do lugar, com coração cheio de más intenções, imediatamente levou estes renomadíssimos homens para o cativeiro tão logo soube que tinham desembarcado ali, e ordenou que fossem cuidadosamente conduzidos ao Imperador em Constantinopla, onde deveriam prestar vassalagem a ele.




GLÓRIA CASTELOS CATEDRAIS ORAÇÕES HEROIS CONTOS CIDADE SIMBOLOS
Voltar a 'Glória da Idade MédiaCASTELOS MEDIEVAISCATEDRAIS MEDIEVAISORAÇÕES E MILAGRES MEDIEVAISHERÓIS MEDIEVAISCONTOS E LENDAS DA ERA MEDIEVALA CIDADE MEDIEVALJOIAS E SIMBOLOS MEDIEVAIS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário! Escreva sempre. Este blog se reserva o direito de moderação dos comentários de acordo com sua idoneidade e teor. Este blog não faz seus necessariamente os comentários e opiniões dos comentaristas. Não serão publicados comentários que contenham linguagem vulgar ou desrespeitosa.